Todos nós que trabalhamos com crianças e adolescentes temos a oportunidade de oferecer uma imagem para a formação do caráter de uma nova geração. A formação é mais importante que a informação apenas. E, para formar o bom caráter de uma pessoa, é fundamental o exemplo de quem ensina. No livro de Mateus, mais especificamente no Sermão do Monte, o narrador diz que Jesus ensinava como quem tem autoridade. Sua prática de vida falava tão alto quanto seus ensinos. Assim, os discípulos aprendiam à luz dos ensinos e do testemunho de Jesus Cristo.

Diferença entre temperamento e caráter

Erich Fromm, em seu livro Análise do Homem argumenta que o temperamento é herdado geneticamente e sobre ele não se tem muita mutabilidade. Já sobre o caráter ele diz:
"o caráter é essencialmente formado pelas experiências.... e modificável, até certo ponto, pelos insights e por novas espécies de experiências."

Para se ter uma idéia da importância da formação do caráter em relação ao temperamento é só observar que, se uma pessoa tiver temperamento colérico, por exemplo, reagirá rápido e forte às situações. Se for uma pessoa produtiva, justa e amável o demonstrará rápida e fortemente quando amar. Se for uma pessoa de caráter destrutivo ou sádico, será rápida e forte em seu espírito destrutivo ou em sua crueldade. Se o caráter de uma pessoa for destrutivo não interessa o fato de ela agir rápida ou lentamente. A única diferença é quanto ao tempo gasto para destruir. Se o caráter for de profundo amor e justiça, lentamente ou rapidamente, o amor e a justiça estarão fluindo a paz e a felicidade tão desejadas pelos seres humanos. Portanto, é indispensável investirmos na formação do caráter das pessoas. Nesta área da vida temos um certo espaço de influência.

Jesus, modelo de caráter

Os educadores que seguem a Jesus Cristo, acreditam plenamente que a maturidade humana é uma realidade possível quando nos aproximamos do modelo de Jesus. Por isso sonhamos com uma nova geração marcada pelo caráter de Jesus Cristo. Seguindo a recomendação de Paulo, aspiramos ser transformados de glória em glória, pelo Espírito, até a imagem de Jesus (2 Co 3.18). Sonhamos nos tornar seus imitadores. Oramos a fim de andarmos como ele andou. E claro, para isso precisamos cultivar diligentemente o poder e as virtudes do Espírito Santo.

Se fizermos uma relação das mulheres e homens cristãos que marcaram a história da humanidade com suas vidas, constataremos que todos, sem exceção, atribuem que o impacto provocado por suas vidas foi decorrência de terem vivido sob a inspiração da vida de Jesus Cristo. Somente as pessoas marcadas pelo caráter de Jesus Cristo estão focadas em fazer o que é correto.

As crianças com quem você convive cotidianamente estão lhe observando e tatuando na memória seu exemplo de vida. Seja uma inspiração, uma espécie de espelho, que ajude as nossas crianças a compreenderem melhor a vida de Jesus Cristo, através do seu testemunho inspirador.

FONTE:  http://www.maosdadas.org

Carlos Queiroz, casado, dois filhos, é pastor da Igreja de Cristo e leciona missiologia no Seminário Teológico de Fortaleza. É autor de Ser É o Bastante - felicidade à luz do Sermão do Monte (Editora Ultimato, Visão Mundial e Encontro Publicações).

Links do Site