1) Como a criança entende o pecado?

Para a criança:
• Primeiro, pecado é tudo que é proibido.
• Depois, ela entende que imoral é todo comportamento que magoa os outros.
• Finalmente, ela entende que pecado é o que ofende a Deus, por causa dos motivos que são errados.(A consciência de escolha desenvolve, quando a criança começa a raciocinar - “por que fiz aquilo?” Ela escolhe o errado conscientemente.)

2) Como saber se a criança já está pronta para entender o plano de salvação?

• Conhecendo e convivendo com a criança! É preciso estar constantemente com a criança, conhecendo seu desenvolvimento e características próprias.

3) Quais são os resultados de uma decisão “forçada”?

• Dúvidas
• Decisões repetidas
• Pensamento de que é convertida quando não é, está apenas convencida.
• Dispensa da atuação do Espírito Santo
• Natimorto (espiritual)

4) Por que as crianças fazem decisões repetidas?

• Desejo de repetir uma experiência agradável.
• Desejo de agradar os outros.
• Foi persuadida ou convencida, mas sem a atuação do Espírito Santo.
• Não entende a permanência da salvação.
• O problema da culpa e pecado.

5) Como ajudar os pais que estão preocupados com a salvação de seus filhos?


• Ofereça literatura adequada
• Esclareça alguns pontos duvidosos:

5.1. Batismo é somente um símbolo, que não salva ninguém.

5.2. Para ser um crente, a criança tem que receber Jesus como Salvador e Senhor de sua vida. Não basta dizer frases como:

Eu amo Jesus.
Quero ser batizado.
Quero tomar a Ceia do Senhor.
Não quero ir para o inferno.
Preciso ser perdoado.
Deus me ama.
Quero ir para o céu.

5.3. A criança pode ter uma vida religiosa e experiências religiosas, antes de ser um cristão verdadeiro, antes de receber a salvação.

5.4. Crianças são capazes de usar uma linguagem religiosa (“evangeliquês”) e fazer muitas perguntas sobre a salvação, sem entender ou ter interesse em ser salvo.

• Oriente para que reconheçam os sinais de que as crianças estão sob convicção:

Fazendo perguntas:


Sou um crente?
Por que as pessoas são batizadas?
Tenho pecados?
Posso dar meu coração a Jesus?
O que acontecerá comigo depois que eu morrer?
Por que Jesus morreu?
O que é pecado? etc.
2. Mudando subitamente seu comportamento.
3. Sentindo muito medo.
4. Demonstrando um interesse intenso pela Bíblia e coisas religiosas.

• Explique o quanto é importante respeitar as capacidades individuais da criança.

Links do Site